top of page
  • Atendimento Conntador

Como pagar DARF sem código de barras

Atualizado: 15 de jun. de 2023

O DARF é o Documento de Arrecadação de Receitas Federais que é identificado por competência. As datas de vencimento variam de acordo com os códigos da receita, identificado no item 4 na guia. Através dele tem como identificar que tipo de arrecadação à Receita Federal você está fazendo, se é Imposto de Renda da Pessoa Física, da Pessoa Jurídica, INSS, Imposto de Renda Sobre o Ganho de Capital e tantos outros Tributos Federais.

Como pagar

Seu DARF não veio com o código de barras? Não se preocupe! Com as informações da guia do DARF pode-se efetuar o pagamento pelo internet banking e nos caixas eletrônicos.

No primeiro momento pode parecer complicado efetuar o pagamento sem código de barras, mas é bem simples. Normalmente no internet banking, possuem formulários de preenchimento bem semelhantes ao DARF. Veja como:

Acesse com seus dados o internet banking do seu Banco. Após isso, encontre a opção “pagamento”, geralmente, é encontrada no Menu. Dentro da opção “pagamentos” podemos encontrar “pagamentos de tributos” ou “pagamento sem código de barras”.

Cada Internet Banking tem a sua organização e na dúvida, entre em contato com seu banco.

Na opção de pagamento do DARF você será direcionado à página com o formulário a ser preenchido, que deverão ser devidamente preenchidos com as mesmas informações que constam na versão PDF ou imoressa da sua guia do DARF sem código de barras.

Exemplo de DARF:


Exemplo do formulário a ser preenchido no internet banking:



É importante se atentar ao correto preenchimento dos dados em seus respectivos campos para evitar erro no pagamento ou até mesmo não ser realizado o pagamento.

É possível ainda fazer o pagamento direto na agência bancária.

Fonte: https://www.focosmais.com.br/post/como-pagar-darf-sem-c%C3%B3digo-de-barras

Artigo produzido por Valentina Ferreira Santos Pedrosa.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RETENÇÃO DE ISS

A retenção do ISS, para as prestações de serviços elencadas nos incisos I ao XXII do artigo 3º da LC 116/2003, previa como alíquota do ISS, aquele percentual de acordo com a legislação do município on

DEVOLUÇÃO E RETORNO DE MERCADORIAS

1. Introdução Os arts. 125, 127, e 131 do RICMS-AC estabelecem as normas para devolução e retorno de mercadorias ao estabelecimento de sua origem . Assim, consideram-se devolução e retorno as seguinte

bottom of page